SABE O QUE É UM LARINGECTOMIZADO?

laringectomizado

O Laringectomizado é um uma pessoa afectada pelo cancro da Laringe e que, para lhe ser salva a vida teve de se submeter a uma cirurgia na qual lhe foram retiradas as cordas vocais e a Laringe.
Consequências desta operação: ficar sem voz, sem olfacto e sem paladar; respirar por um orifício (aberto na parte inferior do pescoço).
Nesse orifício (traqueostoma) necessitam de ter uma cânula para evitar que o mesmo se feche; outros não precisam deste acessório.
É muito grande o número de Laringectomizados em todo o mundo. Em Portugal também são muitos e dia a dia este número é maior.
A maioria dos Laringectomizados são homens, mas também existem mulheres Laringectomi-zadas, felizmente em muito menor número.
O Laringectomizado é uma pessoa sem voz. Não é um inválido, pode e deve ser reabilitado. Pode e deve voltar a falar com uma nova voz, monótona, mas suficientemente clara e fluída para que o entendam.
A reabilitação da voz esofágica reintegra o Laringectomizado no seu ambiente familiar, social e laboral.
O Laringectomizado não é um surdo. Não tem que gritar para que ele o ouça. Basta que o escute com atenção – não o interrompa en-quanto fala, e fale também em voz baixa, pois o ouvirá melhor.
O Laringectomizado protege sempre o orifício do pescoço, através de um lenço de tecido ou malha, que funciona como filtro, devido às poeiras e pequenos insectos.
A sua atitude com um Laringectomizado deve ser de total normalidade. Não demonstre com-paixão. O Laringectomizado apenas necessita de compreensão.
O Laringectomizado pode e deve comportar-se na vida como uma pessoa normal, cuidando da sua imagem. Nada deve fazer pensar pelo seu aspecto externo que é um Laringectomizado.
Se é familiar de um Laringectomizado mostre–lhe afecto, mas não o trate com excessivos cuidados.
Se é companheiro de trabalho deve mostrar agrado. Se é seu amigo deve comportar-se com ele como antes da operação.
O maior desejo de todo o Laringectomizado é comunicar.
A família, os amigos e a sociedade devem ajudar o Laringectomizado na sua reintegração.

Mais informação aqui.

O que somos1 O que somos2
O que somos3 O que somos4

Laringectomia Total Parte I